Instabilidade da coluna cervical: causas, sintomas e tratamento

A instabilidade das vertebras cervicais nao e considerada a doenca mais comum, pelo menos em adultos. Infelizmente, sinais de instabilidade sao encontrados em bebes. Circunstancias da obtencao da doenca:

  • sofreu trauma na crianca durante o parto;
  • alteracoes degenerativas-distroficas: protrusoes, hernia intervertebral, osteocondrose;
  • aparelho de ligamento nao fortalecido na crianca;
  • interrupcao pos-operatoria da estabilidade vertebral;
  • desenvolvimento fetal perturbado em termos de tecido osseo e cartilaginoso.


Para entender completamente a essencia da doenca, vamos considerar brevemente a estrutura da coluna cervical:

  • numero de vertebras – 7;
  • departamento movel e carregado – realiza voltas, inclinacoes e outros tipos do movimento de uma cabeca;
  • pequenas vertebras da coluna vertebral em comparacao com o resto;
  • baixa forca vertebral;
  • atraves dos orificios nos processos das vertebras, as arterias vertebrais que vao para o cerebro passar;
  • congestao do nervo braquial.

Como um resultado de lesao ou stress excessivo no gargalo, que pode ser instabilidade das vertebras cervicais – a situacao quando as vertebras da coluna cervical sao caracterizadas por uma mobilidade anormal, e excessivamente inclinado para o outro. Vertebras comprimir a medula espinhal, arteria vertebral, que pode levar a desvios perigosos para a saude da pessoa. O deslocamento das vertebras em 3-4 mm e considerado um sinal da doenca.
Isso acontece por causa do espartilho muscular pobre e ligamentos vertebrais sao incapazes de manter as vertebras em sua amplitude maxima e mante-las no local correto e seguro.


Isso pode ser comparado com as escalas – mobilidade e estabilidade.
Apenas em uma posicao equilibrada e o estado saudavel da coluna. Quando o equilibrio esta inclinado para uma diminuicao na estabilidade, a hipermobilidade das vertebras se manifesta.

Sintomas

Os sintomas de instabilidade cervical sao dificeis de distinguir de outras doencas devido a similaridade dos sintomas, que dependem de muitos fatores:

  • nivel de deslocamento de vertebras;
  • a idade do paciente;
  • saude;
  • nivel de desenvolvimento fisico.

Em geral, a doenca se manifesta da seguinte forma:

  • dor no pescoco depois de uma curva acentuada, incline a cabeca;
  • dor no occipital;
  • rigidez dos musculos;
  • movimento limitado;
  • uma sensacao de dormencia nos dedos;
  • deformidade visualmente determinada da coluna;
  • anormalidades na funcao de suporte do pescoco;
  • a pressao sanguinea salta.

Tipos de instabilidade

  1. Instabilidade degenerativa – aparece sob a influencia da osteocondrose, quando a estrutura do disco e fragmentada, o que reduz a funcao de fixacao do disco. Alem disso, a razao nao e nutricao suficiente com oligoelementos do tecido cartilaginoso.
  2. Displastico – desvio do desenvolvimento normal da regiao cervical, patologia congenita, que com o tempo pode aparecer como uma corcunda.
  3. Pos-traumatico – o resultado de uma fratura, luxacao e forte impacto. Muitas vezes este tipo e diagnosticado em uma crianca devido a erros de parteiras. Deslocamento de discos ate 2 mm e considerado aceitavel, e mais esta incluido na zona de risco para a progressao da doenca.
  4. Pos-operatorio – instabilidade temporaria incluida no periodo de reabilitacao apos a cirurgia.

Instabilidade em criancas

A instabilidade da coluna cervical em criancas e o resultado: ferimentos no nascimento, cordoes umbilicais, deficiencias de desenvolvimento, etc. Imediatamente identificar a instabilidade e quase impossivel, os sintomas aparecem pelo 4? ano.
Com instabilidade das vertebras cervicais, a crianca apresenta os seguintes sintomas:

  • Comprometimento da memoria;
  • Nervosismo;
  • Ansiedade;
  • Atencao quebrada.

Se voce notar uma crianca com esses sintomas, precisara consultar um especialista para fazer o exame e passar por um exame medico abrangente.
A instabilidade da coluna cervical em criancas com tratamento adequado e bem passivel de correcao.

Como diagnosticar a instabilidade da coluna vertebral

Vamos considerar as principais etapas usadas para diagnosticos:

  1. Colecao de sintomas com preenchimento adicional da anamnese.
  2. Exame visual da regiao cervical para a presenca de deformacoes graves das vertebras e avaliacao do grau de limitacao em movimento.
  3. A instabilidade da coluna vertebral tambem e investigada por metodos de hardware: raio X, ressonancia magnetica, tomografia computadorizada e mielografia.
    O diagnostico e uma ferramenta importante para diagnosticar e construir um plano para tratamento adicional.

Tratamento

O tratamento oportuno e completo da instabilidade da coluna cervical deve ser realizado sob a supervisao de um medico experiente.
Instabilidade da parte cervical no tratamento, que e usada por varios metodos:

  1. Use um colar para o pescoco que executa um papel de fixacao. O periodo de uso do colar e de aproximadamente 2 meses, 2 horas por dia. Alem disso, tambem e prescrito para fazer exercicios especiais para a instabilidade da coluna cervical, selecionados por um especialista, tendo em conta as capacidades fisicas dos pacientes. Os exercicios devem ser feitos necessariamente para que os musculos nao se atrofiem durante o tempo de meias de colarinho, pelo contrario ganharam forca.
  2. Cinesiologia – permite que voce retorne as vertebras ao local, alongando a coluna. Apos o curso da vertebra, nao e incomum obter uma posicao normal.
  3. Modo suave ao se mover – o paciente precisa controlar seus movimentos com o pescoco – sem movimentos bruscos na forma de curvas ou inclinacoes, tudo deve ser feito de forma suave e lenta.
  4. Nutricao adequada – a observancia do equilibrio dos microelementos nos alimentos, ou seja, uma variedade de alimentos: peixe do mar, legumes frescos, frutas, etc.
  5. Tratamento medicamentoso – antiinflamatorios nao esteroides – diclofenaco, cetonas e outros.
  6. bloqueio Novocaine e aplicada nos casos em que a medicacao nao traz alivio, a essencia do bloqueio e que nas terminacoes nervosas da area afetada e administrado novocaina e “desativar” nesta area, trazendo alivio da dor da ausencia. Tambem ajuda a esclarecer os sintomas sobrepostos.
  7. Massagem e terapia manual – fortalecera os musculos e ligamentos, e a terapia manual assegurara a localizacao correta da vertebra cervical. Atencao, esses procedimentos sao basicos e importantes!
  8. LFK com instabilidade – o especialista seleciona e mostra como fazer exercicios com instabilidade de vertebras cervicais, geralmente sao leves e devem ser realizados varias vezes ao dia, aumentando gradativamente a carga.
  9. Fisioterapia – procedimentos que exercem uma funcao intensificadora para o exercicio de terapia e massagem. Metodos de fisioterapia: magnetoterapia, eletroforese, acupuntura, procedimentos de agua, etc.
  10. O tratamento operatorio e um caso extremo, quando os metodos acima nao trazem um resultado duradouro e ha uma ameaca em violacao do funcionamento dos orgaos humanos. A essencia do metodo consiste no funcionamento da espondilodese, em que a instabilidade da coluna e limitada pelo uso de um transplante.
    Com a instabilidade das vertebras, nao se pode automedicar, usar a medicina tradicional e esperar ate que “se arrasta” – o tratamento com um medico experiente e qualificado e a unica escolha certa!

Manutencao preventiva de instabilidade de uma espinha dorsal

Nao permita que o corpo sub-resfrie sob o qual a inflamacao das terminacoes nervosas possa ocorrer. E necessario se envolver regularmente em exercicios, visitar academias de ginastica, nadar na piscina. Mais para andar no ar fresco, para controlar a postura ao sentar-se no computador. Para o tom, o chuveiro de contraste e util.

Exercicios de tratamento para prevencao

  1.  Coloque a palma da mao na testa e force os musculos do pescoco para pressiona-la – 3 vezes por 7 segundos. Mova a mao para a parte de tras da cabeca e pressione nesta posicao quantas vezes.
  2. Coloque a palma da mao na tempora direita – pressione a palma da mao 3 vezes por 7 segundos. Faca o mesmo exercicio no lado esquerdo.
  3. Mantemos a cabeca e as alcas retas – viramos a cabeca para o angulo maximo possivel em uma direcao e a outra – fazemos isso 5 vezes.
  4. Nos dobramos a cabeca para que a orelha toque o ombro – 5 vezes em cada direcao.


Recomenda-se a realizacao de fisioterapia sob a supervisao de um medico experiente que controla o processo e pode ajustar a tecnica de realizacao do exercicio.