Gengivite catarral aguda e cronica: sintomas com fotos, diagnostico, tratamento

A gengivite catarral e uma inflamacao da membrana mucosa da gengiva. Por via de regra, esta doenca ocorre em criancas e pessoas da idade jovem (abaixo de 35 anos). Nos adultos, a forma catarral da gengivite tem um curso prolongado. Esta forma da doenca ocorre em 90% de todos os casos de gengivite. Todos os processos inflamatorios ocorrem nos tecidos peri-dentados, sem afetar o tecido osseo.

Alteracoes endemicas sao manifestadas por edema, transbordamento da gengiva hipofisaria e hemofilia da margem gengival. A monoliticidade da fusao dente-gengival nao e perturbada, mas devido ao inchaco, o tamanho das papilas interdentais aumenta e ha uma sensacao de penetracao do sulco gengival.

Fatores provocantes – muito

Todas as razoes que podem desencadear o desenvolvimento da doenca podem ser divididas em quatro grupos:

  1. Local. Sao inuteis na higiene oral, em que nao e a placa bacteriana e imperfeicao do tecido mole (freio e labios encurtada), e na protese correcta e obturacoes dentarias. Alem disso, fatores locais incluem a formacao de dentes nos dentes e a oclusao incorreta.
  2. Local – Traumatismos dos dentes (deslocamento, deslocamento, fratura, etc.), anormalidade dos dentes, carie cervical, defeitos nas amostras entregues.
  3. Informacoes gerais – doencas do sistema digestivo (gastrite, ulceras), desordens hormonais, stress, doencas do sangue, mau funcionamento dos sistemas endocrinos e cardiovasculares, a presenca de Alergia e Doencas Infecciosas e hipovitaminose. Alem disso, as causas comuns do aparecimento da doenca incluem o aparecimento de certos periodos fisiologicos da vida: gravidez, menopausa e idade puberal.
  4. Sistema – A estrutura errada da mandibula (os dentes, neste caso, tem um arranjo proximo), o periodo de denticao (em criancas).

O fator mais importante que provoca o desenvolvimento da forma catarral da gengivite e a placa dentaria, na qual inclui microorganismos como: estafilococos, estreptococos, fusobacterias, treponema e porfromonadas.

Todos esses microorganismos produzem substancias toxicas, como resultado do qual comecam as reacoes inflamatorias na gengiva danificada. A inflamacao migra de pequenas areas para toda a area da gengiva, incluindo sua parte fixa. Em geral, o grau de dano ao sistema dentario por este acumulo bacteriano e devido ao estado do sistema imunologico e as defesas do organismo.

Formas e estagios

Com base na natureza da lesao, a gengivite catarral e dividida em duas formas:

  1. Cronico. Aparece como resultado de terapia inoportuna de doenca aguda. A doenca prossegue muito lentamente, sem uma manifestacao especial do quadro clinico caracteristico. Durante o curso da doenca, as exacerbacoes periodicas nao ocorrem. A forma prolongada da doenca requer terapia iterativa.
  2. Agudo. Esta forma e manifestada por uma inflamacao rapidamente progressiva do tecido gengival, que tem um carater temporario. Ocorre devido a intoxicacao do corpo ou a uma doenca viral transmitida anteriormente (doenca respiratoria aguda ou gripe).

Por gravidade, a doenca tem tres etapas de percolacao:

  • estagio facil – manifesta-se por danos nas papilas dentogengivais;
  • estagio intermediario – ha inflamacao da area vazia das gengivas (gengivas marginais);
  • palco pesado – a inflamacao desenvolvida agarra a regiao alveolar da gengiva.

Na escala da derrota, a doenca e dividida em duas formas:

  1. Localizado. Com esta forma, uma pequena parte dos dentes e afetada – 1-3 dentes.
  2. Generalizado. As gengivas ficam inflamadas ao longo de todo o perimetro de uma ou ambas as mandibulas.

Clinica e sintomas

Com gengivite catarral, ha sintomas comuns na forma de sensacoes desagradaveis ??e hemofilia nas gengivas, coceira, perversao do paladar e odor desagradavel.

Com uma forma aguda de vazamento, a dor aumenta durante a ingestao. Isso se deve ao efeito nas gengivas de estimulos quimicos ou mecanicos. A condicao geral dos pacientes e satisfatoria, mas com o inicio de uma exacerbacao, a temperatura subfebril e o mal-estar podem aparecer.

A gengivite catarral cronica ocorre por um longo periodo e e praticamente assintomatica. A inflamacao, por via de regra, so estende-se as papilas interdentais e a gengiva marginal. No processo de diagnostico objetivo, observa-se cianose, transbordamento de sangue, edema, espessamento da gengiva, erosao na regiao das pontas da papila interdentaria.

Em alguns casos, devido ao inchaco das gengivas, podem aparecer bolsas periodontais. Mas isso so acontece quando a integridade da articulacao dentogengival e perturbada. Uma grande quantidade de placa mole ocorre por tras dos dentes. Tambem e possivel o aparecimento de uma placa de cor solida na regiao cervical. O tecido osseo, por via de regra, permanece inalterado.

A gengivite catarral aguda e mais comum em criancas. Com um exame visual das gengivas, a cor muda para uma cor vermelha brilhante com um inchaco inerente. Ao palpar a area afetada, o sangue pode se projetar. Depositos sao observados na cavidade oral. Tecidos macios tem uma cor cianotica.

Com esta forma da doenca nao ha oscilacao dos dentes. Eles estao localizados de forma estavel em seus buracos. O aparecimento de mobilidade dos dentes sugere que a doenca passou para uma periodontite perigosa.

Criterios e metodos diagnosticos

Os medicos dizem que diagnosticar a doenca so pode ser feito com certos estudos de hardware e testes especiais. A inflamacao pode ser determinada com a ajuda de tais testes:

  • indice de higiene Fedorov-Volodina – o indicador deve ser maior que um;
  • Indice PMA – tambem deve ser mais de um;
  • Teste de Kulazhenko – permite definir um sitio do desenvolvimento de um hematoma;
  • Teste de Schiller-Pisarev – o resultado deve ser positivo.

Alem dos testes acima, os seguintes estudos sao realizados para diagnosticar a gengivite catarral:

  1. Inspecao visual. O diagnostico e realizado com base na manifestacao clinica e sintomas caracteristicos.
  2. Conducao da reoparodontografia e fluxometria Doppler. Esses metodos de pesquisa permitem avaliar a microcirculacao nos tecidos periodontais.
  3. Realizacao de uma analise da composicao quantitativa e qualitativa do fluido gengival. Assim, a presenca de inflamacao e mudancas na estrutura das gengivas sao determinadas.
  4. Sondando os bolsos gengivais. A patologia da mobilidade de dentes determina-se.
  5. Raio X. Este metodo e usado para determinar o tecido osseo monolitico de processos imoveis.

Para determinar a forma do curso da doenca e escolher um metodo de tratamento, um teste de sangue geral e atribuido.

Cuidados medicos

O tratamento da gengivite catarral consiste em eliminar as causas internas da doenca, que contribuiram para o seu desenvolvimento. Durante a terapia, todas as sensacoes dolorosas sao removidas, o edema e removido e outras infeccoes sao evitadas.

Inicialmente, e necessario remover todos os depositos dentais disponiveis (placa e pedra). Isso e feito com a ajuda de um especial equipamentos odontologicos.

Varios compostos quimicos e medicinais podem ser usados ??para remover depositos. Se o paciente tiver selos e dentaduras, eles devem ser substituidos por novos e corrigir a mordida (se estiver errado). Os dentes purificados sao moidos e cobertos com composicoes especiais contendo fluor.

No tratamento da gengivite, os comprimidos de medicamento nem sempre sao utilizados. Na maioria das vezes, os pacientes sao prescritos higiene bucal cuidadosa e enxaguar a boca com uma solucao de clorexidina. Mas antes disso, voce ainda precisa remover a placa.

Para restaurar periodontal, sao prescritos vitamina A, oleo de espinheiro e creme de Cristallin. Com a higiene regular e a ausencia de fatores traumaticos (ma oclusao, etc.), os medicos recomendam a realizacao de procedimentos fisioterapeuticos:

  • uso de eletroforese;
  • aplicacao de um laser de helio-nylon que promove a rapida remocao da inflamacao;
  • aplicacao de fonoforese, que melhora a microcirculacao e o alivio do processo inflamatorio.

Mais recentemente, foi introduzido um novo metodo para o tratamento da gengivite catarral, que consiste na injecao de autoplasma de plaquetas. Este metodo de terapia e chamado de plasmolifting. Com este procedimento, o quadro clinico esta melhorando na segunda semana de tratamento. Apos o terceiro mes de tratamento, observa-se eficacia prolongada.

Em situacoes especialmente dificeis, utiliza-se a gengivectomia – intervencao cirurgica nas gengivas.

Consequencias e medidas preventivas

Os medicos preveem um resultado favoravel da doenca apenas se um diagnostico oportuno da doenca foi feito.

Terapia intempestiva aumenta o risco de formas cronicas de gengivite catarral. As vezes, no contexto desta doenca, ha periodontite e gengivite necrotica ulcerativa.

Na ausencia de tratamento efetivo, o risco de desenvolver o afrouxamento dos dentes aumenta. Existe tambem o risco de um processo inflamatorio que leva a doencas como o abscesso gengival ou a queixada.

A prevencao da doenca consiste principalmente na higiene correta e completa da cavidade oral, a saber:

  • limpeza regular dos dentes da placa;
  • exame sistematico no dentista;
  • lavagem da boca com meios anti-septicos;
  • uso de fio dental;
  • protecao da boca contra ferimentos.

Um dentista deve ajuda-lo a escolher os itens de cuidados pessoais certos: escova de dentes e creme dental, enxaguatorios bucais e fio dental. Para a prevencao, os medicos recomendam todos os dias remover as placas dentarias e visitar o dentista regularmente (a cada seis meses).