Cancer cervical invasivo e nao invasivo, o que e?

Na oncologia ginecologica, o cancer invasivo do colo do utero e cada vez mais diagnosticado recentemente. O que e, que sintomas a doenca tem e como e tratada, como determinar o tipo nao-invasivo e escamoso de oncologia e como a idade afeta a possibilidade de sua ocorrencia?

Canceres do colo do utero, sao considerados o cancer mais comum, de acordo com a ginecologia. As estatisticas confirmam que o grau de manifestacao da doenca varia dentro dos limites de 21% das mulheres por 100 mil.Em alguns paises progressistas, esses indicadores comecam a diminuir suavemente. Cancer cervical invasivo esta no terceiro lugar honorario, cedendo a oncologia pediatrica previa do corpo do utero e dos ovarios. Este tipo e diferente porque tem as propriedades de penetrar em camadas mais profundas e se mover para outros orgaos proximos. Tal doenca pode ser assintomatica ate que ocorra a progressao para um estado invasivo. Esse fator e uma seria ameaca a saude da mulher, porque quanto mais cedo o cancer for detectado, maiores as chances de seu completo exterminio do corpo.

Causas

As principais causas de oncologia do colo do utero sao o papilomavirus humano, que provoca a displasia do epitelio do orgao e regenera-o em tecidos patologicos. O HPV pode ser transmitido durante um ato intimo desprotegido.

Aumentar o fator de infeccao pode inicio precoce da atividade sexual, quando a idade da menina flutua dentro de 16 anos, ea constante substituicao de parceiros, no entanto, relacionamentos intimos monogamicos reduzir significativamente a possibilidade de transmissao do virus e sao completamente excluidos das virgens.

Fatores de Risco

Existem varios fatores que afetam o aumento da possibilidade de mutacao celular. Entre eles estao:

  1. A presenca de habitos nocivos na forma de abuso de alcool, tabagismo e uso de drogas.
  2. Violacao de equilibrio hormonal.
  3. Doencas inflamatorias do colo do utero de origem cronica.
  4. Comprometimento local ou geral da imunidade.
  5. Manipulacoes cirurgicas no orgao.
  6. Abortos frequentes ou parto, em que a idade do paciente nao excedeu 16 anos.
  7. Ecologia ruim.
  8. Idade.
  9. Predisposicao genetica.

Os itens acima podem afetar o risco aumentado de desenvolver a doenca.

Sintomatologia da doenca

A ginecologia afirma que o cancer do colo do utero e considerado uma doenca insidiosa que se desenvolve lentamente e tem propriedades para progredir ou diminuir.

Importante! Cerca de 20% dos casos do primeiro grau de doenca, assim como outros tipos de cancer do colo do utero, prosseguem sem nenhum sintoma clinico.

Os estagios iniciais do pre-cancer para clinicamente significativos podem progredir mais de 10 anos. Nesse periodo de tempo, o paciente nao sente nenhum sintoma negativo, deterioracao do estado geral e vive uma vida plena, planejando seu futuro, calculando a idade.

Acredita-se que o estado pre-canceroso, assim como os estagios I e II, possam ser efetivamente curados e completamente erradicados do corpo da mulher. Mas, ao mesmo tempo, testes diagnosticos regulares devem ser realizados a fim de buscar ajuda qualificada no tempo.
Especialmente e necessario levar em conta a idade de mulheres que cruzaram a linha de 25 anos, bem como pacientes que tinham entrado em contato intimo aproximadamente tres anos atras, especialmente se houver uma confirmacao clinica do transporte de HPV em uma anamnesia.

A ginecologia identificou os principais sintomas da oncologia cervical, dos quais a dor, desconforto, corrimento e sangramento sao proeminentes. Geralmente, a dor ocorre:

  • Na parte inferior das costas
  • Na cavidade abdominal de baixo;
  • No campo do sacro;
  • Na zona do reto.

Como as neoplasias danificam vasos frageis, pode ocorrer sangramento. As alocacoes diferem no tom seroso ou sanguinolento, tem um odor desagradavel e caracteristico.

Quando um estagio canceroso do estagio III comeca a passar para a area da bexiga, uma mulher pode sentir um desejo rapido de urinar ou incontinencia urinaria. Se a neoplasia capta o reto, entao talvez uma mudanca nas fezes com tracos de sangue e muco. Fistulas vaginais e retais sao formadas.

Cancer de celulas escamosas

Esta doenca ginecologica considera o mais comum de todas as possiveis doencas oncologicas que afetam o colo do utero. Surge em celulas planas que revestem o fundo do utero.

Estagios de

O carcinoma de celulas escamosas tem 3 estagios:

  1. Ploskokletochnoe hroning neoplasma no colo do utero (forma madura) – as celulas patologicas comecam a expandir-se rapidamente. 20-30% de todo o curso da doenca.
  2. Ploskokletochny neorogeyvayuschy cancro (etapa intermediaria) – as jaulas patologicas comecam a modificar-se no tamanho. 65% de todo o periodo.
  3. Tipo escamoso pouco diferenciado (o inicio do desenvolvimento) – o neoplasma so comeca a crescer e nao ha sintomatologia. Ate 15% da frequencia

Sintomas

Esta sintomatologia tambem pode indicar adenocarcinoma:

  • Piora geral da condicao do paciente;
  • Edema das extremidades superior e inferior;
  • Sensacoes dolorosas;
  • Alocacoes com sangue;
  • Saltos de temperatura;
  • Estado oprimido e diminuicao do nivel de eficiencia.

Deve-se notar que todos os sintomas acima se referem ao grau tardio da doenca.

Nos estagios iniciais, pode haver uma ausencia completa de quaisquer sintomas, e a presenca de uma doenca pode ser detectada somente durante o exame por um ginecologista ou passando nos testes apropriados.

Consequencias

Nao importa a idade do paciente, porque se uma neoplasia do colo do utero de natureza oncologica foi identificada, as consequencias podem ter um resultado diferente. Mas voce nao deve desistir de suas maos em qualquer caso, porque ha muitos exemplos de resultados positivos do tratamento de diferentes estagios.

Se uma mulher, depois de encontrar o primeiro sinal, pedir ajuda a um medico, entao a probabilidade de um resultado positivo da doenca e alta, na qual o paciente pode nao apenas alcancar a cura completa, mas tambem dar a luz uma crianca.

O processo do tratamento nos ultimos estagios prossegue com um numero de complicacoes. Isso reduz as chances de engravidar no futuro para zero. As complicacoes mais comuns sao o retorno da doenca apos varios anos, a formacao de aderencias, etc.

Nao esqueca que a vida apos a doenca continua. Isto e provado nao apenas pelos muitos exemplos de pessoas publicas que superaram a doenca, mas tambem por um grande numero de foruns de mulheres.