Adrenobloco com VSD: Alpha, Beta androstrenoblokatory, Concor, Sermion

Alfa e beta-adrenobloqueadores com CIV estao entre os medicamentos mais utilizados. Eles entram no complexo terapeutico devido a capacidade de combater manifestacoes de disfuncao do sistema cardiovascular, nervoso, contribuem para reduzir os sintomas da doenca.

Comprimidos

Caracteristicas gerais

Adrenoblocoers sao um extenso grupo de drogas. Seu alvo principal permanece os receptores correspondentes localizados em todo o corpo humano. O maior grupo e observado nos vasos do cerebro, coracao e pulmoes.

Todos os receptores sao divididos nos seguintes tipos:

  • ? 1 e 2. Localizam-se principalmente em arteriolas. Eles participam dos processos de vasoconstricao e relaxamento;
  • ? 1, 2 e 3. Os primeiros estao no coracao, o segundo nos pulmoes, o terceiro no tecido adiposo.

No processo de funcionamento, neurotransmissores especiais – adrenalina e norepinefrina participam. A influencia complexa em receptores e activators de sinapses, permite regular a condicao do paciente com VSD.

Os adrenoblokers inibem a atividade das estruturas correspondentes, alterando assim o funcionamento dos orgaos nos quais os ultimos estao localizados. O bloqueio dos receptores alfa leva ao relaxamento dos vasos sanguineos com uma diminuicao da pressao sanguinea neles.

O resultado da exposicao e uma diminuicao na gravidade de sintomas como dor de cabeca, hipertensao e afins. O bloqueio dos receptores beta leva a uma desaceleracao adicional na contracao do coracao.

Dependendo do alvo dos medicamentos apropriados, os bloqueadores alfa e beta sao isolados.

Eficacia de adrenoblokers em distonia

A distonia vegetossovascular e uma doenca funcional, que e mais frequentemente acompanhada por um disturbio do sistema cardiovascular. Pode provocar o aparecimento de sintomas de dispepsia, insuficiencia respiratoria.

O alvo principal continua sendo arteriolas, venulas, coracao e tecido nervoso. O resultado desta influencia e os sinais tradicionais de uma doenca na forma de:

  • Enxaquecas;
  • Flutuacoes da pressao arterial;
  • Acelerar ou retardar o trabalho do coracao com a progressao de arritmias;
  • Tontura;
  • Desconforto ou dor no peito.

Adrenobloco – uma das opcoes para combater os sintomas basais do DSV. Contribuem para a inibicao de impulsos patologicos que surgem no cerebro e causam um quadro clinico correspondente.

Devido a capacidade de influenciar as caracteristicas da transmissao nervosa nas sinapses, as drogas regulam a intensidade dos sintomas. Ha uma diminuicao na frequencia cardiaca, estabilizacao da pressao arterial, dor e desconforto na cabeca e no torax desaparecer.

Adrenobloco nao estao incluidos no numero de dispositivos medicos obrigatorios da VSD. Eles sao medicamentos da segunda linha. Eles sao usados ??na ineficiencia de drogas basicas (neuroprotetores, sedativos, antidepressivos).

A modulacao da funcao dos adrenorreceptores com a ajuda deste grupo de drogas pode ser realizada apenas por um especialista. As drogas tem um grande numero de efeitos colaterais e, quando utilizadas de forma ilicita, levam ao desenvolvimento de complicacoes serias.

A viabilidade de adrenoblokers depende das caracteristicas do quadro clinico e das caracteristicas individuais de cada caso individual. A automedicacao nao e recomendada.

Alfa-bloqueadores com VSD

Os alfa-adrenobloqueadores raramente sao usados ??como os principais medicamentos para a terapia da disfuncao autonomica. Eles sao usados ??para afetar as fibras musculares lisas das arteriolas, a fim de expandi-las.

Fentolamina

Um medicamento que afeta todos os receptores alfa-adrenergicos. Promove a rapida dilatacao dos vasos perifericos. E utilizado para tratar patologias associadas a arterias e veias de medio ou pequeno calibre. Pode ser incluido no programa curativo com a TIR.

Pirroxano

Uma droga que reduz a pressao arterial. Usado para crises hipertensivas para reducao rapida da pressao arterial. Apesar do resultado pronunciado, raramente e usado no tratamento da hipertensao e da CIV devido a varios efeitos colaterais.

Betabloqueadores com VSD

Os beta – adrenoblokers sao muito mais usados ??para tratar os sintomas da disfuncao autonomica, que estao associados a disfuncao cardiaca. Contribuem para baixar a pressao arterial e desacelerar as contracoes miocardicas.

Anaprilina

Um medicamento bastante comum que e usado para combater a taquicardia e arritmias que ocorrem no contexto do DSV. Afeta os receptores ?1 e ?2. Pode causar disturbios respiratorios devido ao efeito na musculatura lisa dos bronquios.

Metoprolol

Adrenobloco seletiva, que estabiliza com sucesso a funcao do coracao. Elimina arritmias, taquicardia. Frequentemente incluido no numero de drogas cardiologicas usadas em pacientes com distonia vegetovascular. E um dos medicamentos de escolha em IHD.

Obsidan (propranolol)

A droga tem um efeito antiarritmico no coracao. Refere-se a beta-bloqueadores nao especificos. Reduz a possibilidade de geracao espontanea de pulsos nos impulsionadores do ritmo. E mais frequentemente usado em criancas do que em adultos.

Concor de distonia

Concor – um dos representantes mais comuns da categoria de beta-bloqueadores. A substancia ativa da droga correspondente e bisoprolol. Este e um inibidor seletivo dos receptores ?1 adrenergicos localizados no coracao.

Peculiaridades da influencia no corpo

Concor – uma droga que nao tem seus proprios efeitos simpaticomimeticos (estimulantes) ou estabilizadores de membrana. A droga reduz a atividade do departamento simpatico da ENV, mas apenas na regiao do coracao.

Devido a esta influencia, provou-se bem no tratamento da CIV e na eliminacao de sintomas como:

  • Taquicardia, arritmia;
  • Flutuacoes na pressao sanguinea;
  • Dor no peito.

O bisoprolol ajuda a reduzir o volume de choque do coracao, a necessidade de oxigenio. Isso reduz a atividade de suas contracoes com descarga paralela. Devido a este efeito no miocardio, realiza-se a profilaxia paralela de sua isquemia com progressao para o infarto.

A droga e quase completamente (90%) absorvida no trato gastrointestinal. O pico da sua atividade ocorre em media 2-3 horas apos a ingestao. E excretado com fezes e urina.

Recursos do aplicativo com IRR

Concor – um bom remedio para alivio de manifestacoes cardiacas de distonia vegetativa. Nao deve ser tomado sem consulta previa com um especialista. A droga tem muitos efeitos colaterais.

Com o uso descontrolado da droga em pacientes com IRR, as seguintes reacoes adversas podem progredir:

  • Progressao da dor de cabeca e tontura;
  • Bradicardia (reducao excessiva da frequencia cardiaca), uma queda acentuada da pressao arterial (raramente com perda de consciencia);
  • Deterioracao do humor, depressao;
  • Tosse, rinite;
  • Perda de apetite, nausea, vomito, diarreia, constipacao;
  • Fraqueza geral, fadiga rapida, disturbio do ritmo do sono;
  • Deficiencia visual e auditiva (raramente).

Terapia VSD com a ajuda de Concor deve ser justificada. A dose exata e escolhida pelo medico assistente. Em situacoes normais, o beta-bloqueador comeca a tomar 2,5-5 mg por dia. Tudo depende das caracteristicas individuais de cada paciente.

Se o paciente sofre de taquicardia grave, entao a quantidade da droga pode ser aumentada para 10 mg por dia.

Concor e contraindicado em pacientes com uma forma hipotonica de distonia vegetovascular, acompanhada por uma bradicardia pronunciada. E proibido usa-lo em pessoas com choque e com grave comprometimento da circulacao periferica.

Bisoprolol nao pode ser usado por mulheres gravidas e lactantes que notam sinais de um AVR.

Apesar de varias contra-indicacoes e uma grande lista de reacoes adversas, Concor se refere a medicamentos seguros para o tratamento da disfuncao autonomica e da hipertensao. Na terapia complexa, e usado em pacientes com DCI e insuficiencia cardiaca.

Aplicacao do Sermion na distonia

Sermion e uma droga combinada usada com sucesso para tratar a disfuncao autonomica com sintomas cardiacos e cerebrais severos. Ao contrario de Concor, ele tem uma gama mais ampla de efeitos no corpo do paciente.

Caracteristicas gerais

O ingrediente ativo do Sermion continua sendo a substancia nicergolina. E uma substancia ativa que tem os seguintes efeitos no corpo do paciente:

  • Alfa-adrenolitico (inibicao das estruturas correspondentes);
  • Vasculatura;
  • Melhora a circulacao sanguinea no cerebro.

Gracas a estes efeitos, o Sermion e um dos medicamentos sintomaticos mais eficazes no DSV.

Devido ao bloqueio dos adrenorreceptores, as arteriolas se expandem. Isso leva a uma melhora no suprimento de neuronios cerebrais com oxigenio e nutrientes. Ha uma normalizacao do metabolismo no sistema nervoso central e na ENV.

O resultado desse efeito e a estabilizacao da transmissao de impulsos nervosos para a periferia e uma reducao na gravidade dos sintomas tipicos da CIV. A droga mais eficaz e combater os seguintes sinais da doenca:

  • Dor de cabeca e tontura;
  • Flutuacoes na pressao sanguinea;
  • Desconforto no peito.

A droga provou-se no tratamento da demencia vascular, doenca de Alzheimer, aterosclerose de arteriolas e veias do cerebro.

No uso complexo de Sermion com agentes basicos para o tratamento da distonia vegetovascular, e possivel reduzir rapidamente a gravidade dos sinais classicos da doenca. O medicamento e bem tolerado pelos pacientes.

A droga e usada para influenciar os vasos do cerebro com a finalidade de angio – e neuroprotecao.

Recursos do aplicativo com IRR

Sermion e um medicamento especifico que e usado no tratamento da disfuncao autonomica. Nao pode ser usado sem primeiro consultar um medico por causa do risco moderado de desenvolver efeitos colaterais.

Os principais deles sao:

  • Frieza dos membros;
  • Uma queda repentina e repentina da pressao arterial com condicoes pre-oclusivas. Episodios de perda completa de consciencia praticamente nao foram registrados;
  • Fraqueza geral, fadiga rapida;
  • Aumento da sudorese;
  • Tremor de membros;
  • Perda de apetite, nausea, disturbios das fezes (constipacao ou diarreia);
  • Mudanca no ritmo do sono (desejo constante de ir dormir ou nao descansar a noite);
  • Reaccoes cutaneas alergicas.

Aplicacao de Sirmione em pacientes com CIV ou outro nosology e contra-indicada em caso de intolerancia individual do medicamento, a doenca cardiaca coronaria grave (enfarte do miocardio, angina instavel).

Nao pode ser usado por pacientes com tendencia a queda da pressao arterial, gestantes e nutrizes.

Uma overdose da droga acontece muito raramente. Ele e prescrito em uma dose de 5-10 mg tres vezes ao dia. Um modo de uso mais detalhado e indicado pelo medico assistente.

Terapia com adrenoblokers no AVR e ??uma das opcoes para melhorar o bem-estar do paciente. Eles sao auxilios e devem ser usados ??quando o grupo basico de medicamentos e ineficaz.

Concor e Sirmione sao apenas dois representantes da categoria apropriada de drogas. Existe uma grande variedade de outros medicamentos que tambem sao eficazes no DSV.

A terapia com comprimidos nao e o unico caminho para pacientes com distonia. Em muitas situacoes, a doenca pode ser tratada sem o uso de drogas. O principal e normalizar a funcao do sistema nervoso autonomo.